Não se apaixone por pessoas, se apaixone por almas. Pessoas mentem, almas não. Pessoas são rasas, almas são uma imensidão fascinante.

Você sente quando a alma de alguém é bonita, porque ela transmite uma paz de espírito e uma vontade de estar perto, que dispensa qualquer tipo de palavra. Está tudo ali, dito no silêncio entre um olhar e outro.

Almas bonitas têm boas energias, pureza no coração e uma vontade incontrolável de viver. São almas interessantes, porque cada encontro é uma novidade e uma curiosidade que desperta.

Se apaixonar por almas é mergulhar de cabeça sem medo de se machucar, porque a profundeza é infinita. É nadar, mergulhar e flutuar na imensidão desse mar, descobrindo coisas novas o tempo todo. Almas são sinceras só de olhar. Você sente, sabe?

Almas grandiosas se sentem presas em corpos estreitos, porque a sede de viver é tão grande, que não cabe dentro de si. Essas almas cativam e te convidam pra vida, pro mundo. E você vai, porque elas transmitem confiança.

Pessoas aprisionam, almas libertam.

Pessoas são interesseiras, almas são interessantes.

Pessoas querem pessoas, almas querem almas. E isso basta. Só uma alma bonita é capaz de identificar outra, sem esforço, porque funcionam como imãs que se atraem.

Seja uma alma e se apaixone. De corpo e alma.